Imaginário dos Lobitos

...os lobitos serão os GHONDS (peritos em seguir rastos)

- “Espera – disse Baguéra.…
- Aqui vem outra pista ao encontro dele. O pé é mais pequeno, o da segunda pista…
- É o pé de um caçador Ghond! – disse Mogli.
- É verdade, Mogli.
Agora, para não desmancharmos as pegadas, cada um de nós seguirá uma pista.

Cada um seguiu um trilho de pegadas Ghonds, até que as mesmas se encontraram.
Felizes, gritaram: BOA CAÇA!”



BADEN-POWELL também conheceu os GHONDS

“Scouting é uma arte que se pode praticar eternamente e, embora estejamos sempre a melhorar, um branco raramente chega a atingir a excelência dos nativos, peritos em seguir rastos, tal como os do Sudão ou os Bosquímanos da África do Sul, os Ghonds da Índia, os pretos da Austrália, que são criados para isso desde a infância, usando os rastos como fontes de informação e como guias infalíveis nas caçadas e na guerra.”



Nas missões na Índia, B-P aprendeu a seguir pistas e aplicou os conhecimentos no escutismo.

Ver imaginário geral do XIV ACAREG