Imaginário dos Serviços

...os serviços serão o 13ª REGIMENTO DE HUSSARDS

“Quando regressei a casa da campanha dos Matabele, voltei a juntar-me ao meu Regimento, os 13th Hussars, em Dublin.”

“Estive com o Regimento o tempo suficiente para poder comprar uma nova farda quando, subitamente, bum, lá veio outra bomba.”

“Isto nunca me tinha passado pela cabeça até ao dia em que o Coronel me chamou e me informou que eu fora nomeado para comandar o 5th Dragoon Guards.”

“Deixar o meu antigo Regimento foi talvez um dos momentos mais amargos da minha vida. Servi nesse Regimento durante vinte e um anos, os melhores anos da minha vida, ...”

“Graças a Deus fui autorizado a regressar novamente ao Regimento alguns anos mais tarde, como Coronel Supremo, posto que ainda detenho, podendo assim prefazer mais de cinquenta e seis anos de ligação com os “Lilliywhites”.”



BADEN-POWELL e o seu Regimento...

B-P chamou-lhe a “sua vida número um”. Uma vida dedicada ao serviço da Pátria no Exército...

“Nesta vida, houve o romantismo de ver terras estranhas à custa do meu país, por ter prestado serviço sucessivamente na Índia, no Afeganistão, na África do Sul, na África Oriental e no Egipto.”

“Houve campanhas, desporto e camaradagem; Houve doenças e despedidas, as sombras que permitem apreciarmos melhor a luz do sol.”

“Coube-me realizar trabalhos grandes, assim como pequenos; como Oficial Assitente, como Comandante de Esquadrão e, por fim, como Coronel ao comando do meu Regimento...”



Um Oficial, para B-P, é antes de tudo um educador, e o exército uma universidade obrigatória...

“O Exército é a melhor universidade de que dispomos para dar uma educação pós-escolar a um grande número dos nossos futuros cidadãos.”

“Estes adquirem pelo menos, para além dos seus conhecimentos escolares, vigor e desenvolvimento físico e um grande número de qualidades precisas para saírem de dificuldades na vida e se tornarem úteis aos seus semelhantes.”

Ver imaginário geral do XIV ACAREG